Quer saber mais sobre energia solar? Ligue agora para (48) 3285-3770 e faça seu orçamento!

Blog

Em duas décadas energia fotovoltaica deve saltar para 30% em capacidade de geração mundial

publicado em 24 de janeiro de 2017


A fatia de energia fotovoltaica na capacidade de geração mundial deve saltar dos atuais 4% para cerca de 30% em 2040. É o que aponta o relatório da Bloomberg New Energy Finance (BNEF). Até lá 15% de toda a energia consumida no mundo virá do sol.

O documento aponta que mesmo em países sem qualquer tipo de subsídio, o custo da energia eólica onshore deve cair mais 41%, enquanto o preço da energia solar será reduzido em 60% nos próximos 25 anos. A previsão é de essas duas fontes que serão responsáveis por 64% da nova capacidade de geração mundial até 2040.

Representantes da BNEF acreditam que nem mesmo a queda do preço do carvão e do gás natural será suficiente para barrar a expansão das fontes alternativas. Dos US$ 11 trilhões em investimentos previstos em energia para os próximos 25 anos, apenas US$ 3,2 milhões serão gastos em combustíveis fósseis. Surpreendentes US$ 7,8 trilhões serão aplicados em energia renovável.

Segundo a BNEF, o ano de 2027 ficará marcado como o ponto de inflexão no cenário energético, quando a energia eólica e solar começam a ficar mais baratas do que o carvão e o gás natural. Apesar do crescimento do mercado renovável, de acordo com o estudo do BNEF, os combustíveis fósseis manterão uma participação de 44% na geração em 2040 – em comparação com dois terços em 2015.

Cerca de 963 GW de nova capacidade a carvão ainda serão adicionados até 2040 quase que exclusivamente em países em desenvolvimento, com políticas de mudanças climáticas fracas ou ainda por implementar.

Fonte: Agência Ambiente Energia

× Faça um orçamento e economize agora!