Quer saber mais sobre energia solar? Ligue agora para (48) 3285-3770 e faça seu orçamento!

Blog

🔆Aquecimento Solar AGRONEGÓCIO, HOSPITALAR, HOTÉIS E RESTAURANTES, INDÚSTRIA, PISCINA, RESERVATÓRIO DE GRANDES VOLUMES, RESIDENCIAIS

publicado em 27 de julho de 2018

Energia térmica:

A transformação de energia solar em energia térmica pode ter diversas aplicações que estão relacionadas à temperatura necessária para o processo em análise.

No Brasil, em geral, quando se fala em aquecimento solar se fala de aplicações na faixa de baixa temperatura, que vai da temperatura ambiente a aproximadamente 100°C, uma faixa de temperatura que não exige a concentração da energia solar.

Aplicações:

Existe uma quantidade enorme de aplicações nessa faixa de temperatura nos setores residencial, serviços, industrial, agropecuário, entre outros. Processos de secagem, dessalinização, uso doméstico para higiene, aquecimento de piscinas e uma variedade de processos industriais estão entre as aplicações que se enquadram nessa faixa de temperatura.

O mercado brasileiro:

O destaque maior da utilização de energia solar no Brasil está no uso de água aquecida para consumo doméstico. O maior número de instalações de aquecimento solar concentra-se em residências e condomínios residenciais de alto poder aquisitivo.

O setor de serviços – com hotéis, motéis, pousadas, hospitais e clubes – também representa uma parcela significativa do mercado brasileiro de sistemas de aquecimento solar.

Mais recentemente, o mercado de sistemas compactos, específicos para habitações de interesse social, está tendo um forte impulso graças a duas iniciativas.

A primeira delas é a instalação de sistemas de aquecimento solar como ferramenta de gerenciamento pelo lado da demanda através dos programas de eficiência energética das empresas do setor elétrico, e a segunda é a introdução dos sistemas como equipamentos padrão nos projetos do programa de habitação popular Minha Casa Minha Vida.

Outro mercado que vem ganhando destaque é o aquecimento de piscinas, visto que as demandas de energia térmica são muito grandes e como as temperaturas são baixas é possível obter bons resultados com coletores solares de baixo custo, proporcionando excelente viabilidade econômica.

Pesquisas ná área:

Entre as diversas áreas de pesquisa, pode-se citar o desenvolvimento de sistemas de aquecimento solar.

Nessa área existe a possibilidade de desenvolvimento de novas placas coletoras diversificando os materiais usados na construção e o desenho das mesmas, o mesmo sendo válido para os reservatórios térmicos e demais componentes do sistema.

A integração de todos os componentes e estratégias de controle para maximizar a produção de energia dos sistemas também tem sido motivo de estudo e desenvolvimento recentemente.

Incentivos:

O estabelecimento de marcos regulatórios e a introdução de leis específicas que incentivam o uso de sistemas de aquecimento solar também tem sido relevante na consolidação do uso dessa tecnologia no Brasil.

Como consequência, outros aspectos relacionados à cultura de uso do aquecimento solar em larga escala e implicações sociais precisam ser discutidos com maior profundidade.

Dentro desse panorama, ainda é importante ressaltar a falta de mão de obra em todos os níveis fazendo que programas de capacitação também sejam necessários.

Fonte: ABENS

http://www.sunfox.com.br

×