Blog

publicado em 17 de março de 2021

O que é e como funciona o Autoconsumo Remoto?

Você já ouviu falar de autoconsumo remoto?

Desde a criação da  Resolução Normativa 687 da ANEEL em 2015, o autoconsumo remoto tornou-se viável, mas nem todos sabem o que é e como funciona esta lacuna da geração compartilhada.

 No Brasil, não é fácil conviver com todas as taxas e aumentos nos valores da fatura de energia, certo? A energia solar veio para facilitar e baratear os custos da conta de luz, influenciando significativamente no orçamento da família brasileira.

 Mas, o que é e como funciona o autoconsumo remoto?

 O autoconsumo remoto permite que você gere a própria energia através da instalação de um sistema fotovoltaico (energia solar) e utilize o excedente em outras faturas de luz. Ou seja, você pode instalar o seu sistema fotovoltaico em sua residência e, se ele gerar mais energia do que você consome, o excedente pode ser lançado para a sua empresa, por exemplo, desde que ambos os imóveis tenham a mesma titularidade (estejam em seu nome) e estejam localizadas na mesma área distribuidora.

 Desta forma, a sua residência e a sua empresa ou seu outro imóvel, como casa de praia, se beneficiam com a economia gerada através do uso de energia solar. Para que não restem dúvidas, os imóveis que serão beneficiados pelo seu sistema fotovoltaico precisam estar cadastrados no mesmo CPF, ou seja, ter o mesmo titular. Neste caso, uma pessoa não pode lançar os créditos de energia para a casa do seu vizinho, por exemplo, a não ser que o imóvel esteja em seu nome também.

 Entendido o que é e como funciona o autoconsumo remoto, saber sobre as suas vantagens também é muito importante, são elas:

 Redução de Custos;

Geração da própria energia;

Compartilhamento de créditos solares;

Mais sustentabilidade;

Previsibilidade de valores da fatura de enrgia;

Investimento certo.

 Quer saber mais? Solicite seu orçamento sem custo através do nosso site.